Representantes municipais têm primeiro dia de capacitação na Sedur

Servidores dos municípios da Bahia estiveram reunidos nesta segunda-feira (23), no auditório da secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), para receber uma capacitação sobre planejamento habitacional e trabalho social.  O evento, promovido pela Superintendência de Habitação, iniciou nesta segunda-feira (23), e segue até a próxima sexta-feira (27).


Ao todo, 10 municípios participam das atividades que envolvem um ciclo de palestras e seminários sobre mobilidade urbana. Neste primeiro dia de atividades práticas, os participantes realizaram um debate sobre o Cenário da Política Nacional de Habitação, interesse social e seus instrumentos. As atividades continuam nesta terça-feira (14), a partir das 8h, no auditório da Sedur.


Confira programação:




Representantes dos municípios baianos recebem capacitação na próxima segunda-feira

Os representantes dos municípios baianos se reúnem nesta segunda-feira (20), no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur), para receber uma capacitação sobre o Plano de Habitação e Interesse Social.  Promovido pela Superintendência de Habitação da Sedur, o ciclo de capacitação será realizado nesta segunda-feira (23), e segue até sexta-feira (27), sempre às 8h30. 

Com o foco em habitação e mobilidade urbana, os representantes podem ter orientações sobre a criação dos conselhos municipais e fundo gestor. Nesta edição, participam do encontro os representantes dos municípios de Andarai, Buritirama, Cruz das Almas, Feira de Santana, Jacobina, Pojuca, Ribeira do Pombal,  Seabra, Simões Filho e Valença.


Veja programação: 




Metrô de Salvador foi responsável por quase 50% do crescimento da rede nacional
A rede de transporte de passageiros sobre trilhos do Brasil cresceu 30,2 km em 2017, superando a expectativa projetada pelos operadores metroferroviários de 29 km. Esse crescimento foi possível com a inauguração de duas novas linhas e a extensão de outras três, ampliando 24 estações de atendimento à população. Os números fazem parte do Balanço do Setor Metroferroviário 2017/2018, divulgado nesta 2ª feira (16/04) pela Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), em Brasília (DF).

Cerca de 50% desse crescimento se deu com a inauguração da Linha 2 do Metrô de Salvador, com incremento de 14,4 km em apenas 1 ano. O VLT Carioca adicionou mais 5,8km à rede; o VLT da Baixada Santista outros 4,7 km; o Metrô de São Paulo mais 3 km com a ampliação da Linha 5-Lilás e a linha de VLT da CBTU Maceió acrescentou mais 2,3 km de trilhos à malha urbana.

O aumento da capilaridade dos sistemas, com a expansão da rede e as novas estações, possibilitou a estabilidade no volume de passageiros transportados em 2017, totalizando 2,93 bilhões de passageiros. Se a rede não contasse com essa ampliação, o País teria registrado uma queda de 1,2% na demanda de passageiros. O arrefecimento da economia e a queda dos empregos formais são fatores que impactam diretamente na quantidade de passageiros dos sistemas metroferroviários.

O transporte também foi qualificado. A frota trens do Brasil teve renovação recorde em 2017, com a entrada em operação de 719 novos carros de passageiros, que representam um aumento de 15,5% relação ao ano anterior. Com layout moderno, ar condicionado, sistema multimídia e acessibilidade, a nova frota proporcionará mais conforto às viagens dos cidadãos.

“O transporte sobre trilhos é um serviço público e de cunho social, com importante papel nos deslocamentos das pessoas nas cidades onde estão instalados, seja para ir ao trabalho, estudar ou para o lazer. A continuidade da expansão da rede e qualificação da malha existente são essenciais para o atendimento adequado à população. É importante e necessário que os novos governantes que se anunciam incluam o transporte entre as suas prioridades de gestão, proporcionando mais qualidade de vida para os cidadãos, que se deslocarão de forma mais eficiente nas cidades, assim como contribuindo para a qualidade ambiental das cidades”, enfatiza Joubert Flores, Presidente da ANPTrilhos.

O documento completo do Balanço do Setor Metroferroviário 2017/2018 pode ser acessado através do link: www.anptrilhos.org.br/o-setor/balancos
Fonte: ANPTrilhos / Foto: Iamara Andrade - Ascom Sedur

Autorizadas obras de macrodrenagem nos rios Joanes e Ipitanga

Fundamentais para o abastecimento de água de Salvador e Lauro de Freitas, os rios Joanes e Ipitanga passarão por obras de macrodrenagem. O governador Rui Costa assinou, na manhã dessa terça-feira (3), ordem de serviço para início das intervenções, que vão contar com investimento de R$ 169 milhões, entre projeto executivo e obras físicas. O objetivo é reduzir as enchentes e alagamentos que acontecem durante os períodos de chuva, em Lauro de Freitas, onde ocorreu o evento.

“Essa obra vai cumprir duas funções. A prioritária é a de evitar alagamentos e evitar que pessoas percam suas vidas, suas casas, seus patrimônios em época de chuva. O outro objetivo é entregar ao município um parque linear com equipamentos de lazer, ciclovia, campo de futebol, quadra, parque infantil e aparelhos de ginástica. Então, além de serem urbanizados, esses locais vão oferecer lazer à comunidade”, explicou o governador.

Os trabalhos incluem a recuperação de nove canais de macrodrenagem, ao longo de cerca de 14 quilômetros, e a construção de seis reservatórios de amortecimento dotados de equipamentos urbanos e o aumento da capacidade de escoamento do rio Ipitanga, que abastece a capital baiana. 

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Jusmari Oliveira, as intervenções terão um impacto grande para o saneamento dos dois municípios. “São obras para resolver as inundações que acontecem nos períodos de chuvas e que afetam o dia a dia de quem mora em torno dos rios Ipitanga e Joanes. Além da drenagem e da construção dos seis diques, iremos implantar parques lineares, com ciclovias e equipamentos de integração e convivência dessas comunidades”, revelou.

A dona de casa Maria Dionísio, moradora da comunidade de Itinga, em Lauro de Freitas, comemorou a autorização para início das obra de recuperação dos rios. “É um transtorno quando chove, a gente fica ilhado sem ter como sair de nossas casas. Além disso, quando o rio transborda, atrai insetos e animais peçonhentos, prejudicando a vida de todo mundo que vive na comunidade”.

Além de Jusmari Oliveira, acompanharam o governador durante o evento de assinatura os secretários de Desenvolvimento Econômico (SDE), Jaques Wagner; do Meio Ambiente (Sema), Geraldo Reis; e da Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins.

Fonte:Secom/Ba


Com capacidade para 280 mil passageiros, terminal de Pituaçu é inaugurado

Infraestrutura completa em 42.900 metros quadrados de área construída, com quatro pavimentos, diversas lojas, praça de alimentação e serviços, e acessibilidade total. Assim é o novo Terminal de Ônibus de Pituaçu, inaugurado na manhã desta sexta-feira (23), pelo governador Rui Costa. O equipamento, que contou com um investimento de 81 milhões, está localizado na marginal da Paralela, entre as avenidas Gal Costa, Pinto de Aguiar e São Rafael.

“Esse equipamento muda a acessibilidade das pessoas. O que queremos é facilitar a vida do povo de Salvador e do entorno. Além das seis linhas metropolitanas de ônibus já existentes, que fazem o trajeto via orla, e que terão este terminal como destino final, vamos acrescentar novas linhas, vindas de Candeias, Madre de Deus e São Sebastião do Passé, via BR-324, que passarão pela Avenida Gal Costa, para chegar até aqui”, explicou o governador. 

Rui também destacou outros benefícios que o novo terminal traz à população. “Quero registrar que esses terminais estão gerando emprego. Aqui no de Pituaçu, por exemplo, várias lojas já estão funcionando, oferecendo oportunidades de trabalho para os baianos”. 
O novo terminal complementa a série de medidas tomadas pelo Governo do Estado para otimizar a mobilidade urbana em Salvador, e se soma às linhas 1 e 2 do metrô, às respectivas passarelas e estações, bem como às novas avenidas inauguradas, a exemplo da Via Barradão e da Linha Azul. 

"A cada dia avançamos com um equipamento novo em mobilidade na capital. Esse que estamos inaugurando hoje é um dos principais, pois ao se integrar ao sistema metropolitano, ele possibilita uma mudança total no comportamento da população de Salvador e da região metropolitana", afirmou a titular da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado, Jusmari Oliveira. 

Estrutura
No terminal, que possui 25 baias para ônibus, irão circular, de imediato, linhas metropolitanas, como a 849 URB (Vilas de Abrantes), 857 URB (Arembepe) e 860I (Portão via Pinto de Aguiar), e, num segundo momento, linhas urbanas. O equipamento tem capacidade para a circulação de 280 mil passageiros por dia e até 175 coletivos por hora. Os usuários poderão contar com elevadores, escadas rolantes, rampas, passarelas, piso tátil, sala de primeiros socorros, dentre outros.

"Esse terminal tem a função de congregar todos os passageiros que vêm das linhas urbanas e metropolitanas para a Estação de Metrô de Pituaçu, da Linha 2", explicou Luis Valença, diretor-geral da CCR, empresa que gere o sistema metroviário.

A variedade de lojas contempla a parte de alimentação e de serviços. Uma clínica, com 22 especialidades médicas, também está situada no local. Toda a área será coberta por rondas constantes, efetuadas por agentes de atendimento e segurança, além de 139 câmeras, supervisionadas pelo Centro de Controle Operacional. 
Inicialmente, o terminal vai funcionar das 5h às 22h30, mas, quando as linhas que rodam apenas na capital passarem a entrar no equipamento, o horário será estendido, indo de 4h30 às 00h30.

Estação Aeroporto

Na ocasião, o governador Rui Costa falou sobre a inauguração da Estação Aeroporto do metrô. “No próximo dia 14 de abril, iremos entregar a estação aeroporto, já com o funcionamento dos ônibus especiais gratuitos, bate e volta, para o aeroporto. Lá, também teremos um terminal de ônibus, para integrar os passageiros de Camaçari e de Lauro de Freitas. Com isso, vamos dar rapidez ao deslocamento das pessoas, com conforto e segurança. Com certeza, com todos esses investimentos que o Governo está fazendo, Salvador terá a melhor mobilidade urbana do Brasil”, afirmou. 


Fonte: ASCOM/ SEDUR - Foto: Iamara Andrade/Sedur